Notícias

Cunha e Temer: a dupla mais rejeitada do Brasil

0
Brasília - O vice-presidente Michel Temer recebe do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, a Medalha do Mérito Legislativo 2015 (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Levantamento realizado pelo Instituto Ipsos entre os dias 2 e 13 de junho mostra um cenário mais do que ilustrativo sobre os dois principais responsáveis pela ruptura democrática vivenciada no Brasil atualmente.

A dupla formada por Michel Temer e Eduardo Cunha, presidente interino e presidente afastado da Câmara, é a mais rejeitada do Brasil na política. Segundo o Ipsos, a rejeição a Temer chega a 70% dos brasileiros, enquanto Cunha é rejeitado por 79% da população.

O levantamento também revela que a classe política foi dizimada pelos escândalos de corrupção decorrentes da Operação Lava Jato, pois todos os presidenciáveis tradicionais têm rejeição superior a 50%. É o caso de Marina Silva (56%), Aécio Neves (63%), Lula (68%), Geraldo Alckmin (55%) e José Serra (55%).

Clique aqui e leia na íntegra o levantamento do Ipsos.

Martelinho de Ouro



Janot reconsidera e se diz favorável ao perdão da pena de Dirceu

0
MG - DIRCEU/PSDB/DEM - POLÍTICA - O ex-ministro José Dirceu desqualificou a oposição e disse não ver nenhuma ação de partidos contrários ao governo da presidente Dilma Rousseff que possam ameaçar a atual hegemonia petista no Executivo e Legislativo nacionais. Ao participar de uma série de eventos em Belo Horizonte hoje (2), Dirceu foi irônico ao falar da oposição e disse que seu partido e o governo não podem mudar de rumo por causa de possíveis crises entre legendas como PSDB e, principalmente, Democratas. E defendeu que o PT mantenha distância do PSD do prefeito paulistano Gilberto Kassab. 02/05/2011 - Foto: GUSTAVO ANDRADE/O TEMPO/AE

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reconsiderou sua posição sobre a pena do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu no mensalão e enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma manifestação em que sugere a extinção da punição contra ele no caso. A mudança de posição tem como base o decreto do indulto de Natal assinado pela presidente afastada Dilma Rousseff no ano passado.

A prisão de Dirceu na Lava-Jato ainda quando ele cumpria pena no mensalão indica falta disciplinar grave, o que o impediria de ter a primeira condenação perdoada. Na reavaliação, no entanto, Janot aponta que a má conduta do ex-ministro teria ocorrido antes do período previsto no decreto de indulto de Natal do ano passado.
Os crimes na Lava-Jato teriam sido praticados até 13 de novembro de 2013, quando Dirceu já havia sido condenado no mensalão. O decreto do indulto, no entanto, impede o perdão da pena apenas a condenados que tenham cometido falta grave entre 25 de dezembro de 2014 e 25 de dezembro de 2015. Ou seja, para Janot, a regra impede que a má conduta de Dirceu seja motivo de sanção.

“É certo que, para efeitos de concessão de indulto, esta prática delitiva (falta disciplinar grave) não obsta do reconhecimento do direito ao benefício” escreve Janot.

A defesa de Dirceu já havia pedido ao STF o reconhecimento do indulto em favor dele. Mas a solicitação foi rejeitada pelo ministro Luis Roberto Barroso com base na primeira manifestação de Janot sobre o assunto, contrária a concessão do benefício.

Por causa da Lava-Jato, Dirceu foi condenado em maio deste ano pelo juiz Sérgio Moro a 23 anos e três meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Ele está preso em Curitiba desde agosto de 2015 e cumpria prisão em regime domiciliar, decorrente da pena no mensalão, quando foi detido pela Polícia Federal acusado de envolvimento no caso Petrobras.

Sistema



Governo vai pagar em agosto 1ª parcela do 13º de aposentados

0

O Ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, informou na tarde de hoje (28) que o governo vai retomar o calendário de pagamento do 13º salário dos aposentados e pensionistas que recebem pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Com isso, a primeira parcela do benefício começará a ser paga no dia 25 de agosto. No ano passado, em virtude da crise, o governo da presidente afastada Dilma Rousseff adiou o pagamento da primeira parcela do 13º salário de agosto para setembro.

A segunda parcela deste ano será paga a partir de 24 de novembro.

O anúncio foi feito por Padilha após reunião com o grupo de trabalho que discute alternativas para a reforma da Previdência, no Palácio do Planalto.

RÁDIOCOM



Primeiro jato regional chinês faz voo inaugural com passageiros

0

O primeiro jato regional desenvolvido na China fez seu voo comercial de estreia nesta terça-feira, transportando 70 passageiros da cidade de Chengdu, no oeste do país, para Xangai, na costa leste, no que a fabricante estatal Commercial Aircraft Corp of China (Comac) considerou como um marco.

O voo EU6679 da Chengdu Airlines levou duas horas e 12 minutos e marcou “um importante avanço no desenvolvimento da aviação civil na China”, disse a Comac.

“Os céus chineses pela primeira vez deram as boas vindas para um jato de passageiros desenvolvido na China”, afirmou a companhia.

O avião ARJ-21 foi projetado para disputar mercado com modelos fabricados por competidores tradicionais no segmento, a brasileira Embraer e a canadense Bombardier.

A Comac vai continuar a “otimizar o design do jato (…) e desenvolver os mercados domésticos e internacionais”, afirmou o presidente do conselho da empresa, Jin Zhuanglong, a jornalistas no aeroporto de Hongqiao, em Xangai, após o pouso da aeronave.

“Vamos nos esforçar para tornar o ARJ-21 um novo cartão de visitas da indústria da China”, disse o executivo.

A China também está desenvolvendo o avião C919, que espera ser capaz de competir com o 737 da Boeing e o A320 da Airbus. O país também planeja produzir um avião maior em uma joint-venture com a Rússia.

O ARJ-21 tem capacidade para 90 passageiros e recebeu licença para voos domésticos na China no final do ano passado, mais de 10 anos depois do prazo original.

O modelo ainda não recebeu certificação de outros órgãos reguladores de países como os Estados Unidos, o que significa que apenas companhias aéreas da China e aquelas que reconhecem o processo de certificação chinês poderão operar o avião.

A Comac afirma que o ARJ-21 tem mais de 300 encomendas, principalmente de companhias áreas da China. Os motores do avião são fornecidos pela General Electric e o braço de leasing do conglomerado norte-americano tem encomendas para 5 dos aviões e opções para mais 20.

Martelinho de Ouro



Odebrecht anuncia devolução do Maracanã ao Rio

0

A Odebrecht anunciou, nesta segunda-feira (27), a devolução do Maracanã ao Estado do Rio de Janeiro.

Em carta enviada à Secretaria da Casa Civil no dia 16 de junho pela Concessionaria Maracanã, formada pela Odebrecht (95%) e pela norte-americana AEG (5%), o grupo alega que não conseguiu rever o contrato de cessão da arena.

“A Concessionária reforça que tem feito um trabalho contínuo para reduzir os custos fixos, minimizar os prejuízos operacionais e se adequar aos impactos da alteração unilateral do contrato de concessão e aos períodos de interrupção da operação como na Copa do Mundo (2014) e Jogos Rio 2016”, diz a nota.

A concessão foi firmada por 35 anos. No acordo, o grupo poderia derrubar o parque aquático e o estádio de atletismo para erguer um centro comercial e estacionamentos. Mas a medida foi proibida.

JFS Contábil



Casamento celebrado em Jurerê Internacional foi financiado pela Lei Rouanet, aponta investigação da PF

0

Um casamento celebrado em maio deste ano em um beach club de Jurerê Internacional, em Florianópolis, é um dos alvos da Operação Boca-Livre, deflagrada nesta terça-feira pela Polícia Federal. A festa dos noivos Felipe Amorim e Caroline Monteiro, supostamente financiada pela Lei Rouanet, ocorreu no 300 Beach Club. Fotos disponíveis num site de imagens de casamentos mostram desde os preparativos da noiva até a apresentação de sertanejos durante a celebração.

Segundo informações publicadas no site O Globo, o casal teria, segundo investigadores, parentesco com Antonio Carlos Bellini, dono da Bellini Cultural, principal ponta do esquema de fraudes na Lei Rouanet e alvo da Operação Boca-Livre. Antonio Carlos e a sua mulher foram presos em São Paulo.

De acordo com uma publicação do site ConstanceZahn.com, voltado para noivas, os dois se conheceram numa viagem para Bariloche, na Argentina. Ela ainda morava em Roraima, e ele, em São Paulo.

Quando o romance virou namoro, Caroline passou a morar em Santa Catarina. Assim, Florianópolis virou o pano de fundo de parte do relacionamento. O pedido de casamento, no entanto, ocorreu em Santorini, na Grécia, em 2014.

Já nas primeiras conversas sobre o casório, informa o site, o casal decidiu que a celebração deveria ocorrer na praia. A organização do evento durou um ano e oito meses, definindo Jurerê como local.

O fim de semana de comemorações foi registrado numa produção de alto nível, focando momentos antes, durante e depois da celebração do casamento — o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, chamou o evento de “uma festa boca-livre que nós pagamos”, criticando o que viu nas imagens da produção.

Nas redes sociais, internautas localizaram uma postagem do fotógrafo que fez as imagens do casamento. Nos comentários, usuários do Facebook falavam que “pagaram pela festa, mas não foram convidados”.

RÁDIOCOM